teste

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Mulher tenta salvar o filho e foi executada por atiradores



Geni Gusmão Simões, 64 anos, morreu, e o filho dela, Wadson Gusmão Santos (Sinho), 37, ficou ferido após dois homens armados invadirem a casa deles na rua 7 de Setembro, em Itapé, na noite deste domingo (22). O alvo era Wadson, mas Geni tentou defender o filho se lançando na frente dos atiradores. Ambos ainda foram socorridos ao Hospital de Base, mas a mulher morreu. Segundo informações de populares, Wadson, que continua internado, saiu do presídio de Itabuna recentemente e teria envolvimento com o mundo das drogas. Ele estava no regime semi aberto desde o final do ano passado, por tráfico de entorpecentes. Até o momento não há informações sobre a motivação e autoria do crime. Acredita-se em acerto de contas.



Criminosos presos– A polícia Militar de Itapé agiu rápido e prendeu dois acusados de matar a dona de casa, Geni Gusmão Simões, 64 anos, na noite desse domingo 22. Os prováveis criminosos foram identificados como Flávio Freitas Filho, morador do bairro Califórnia, e o segundo de nome Vagner, ambos de Itabuna. Eles foram detidos pelos PMs Sg. Valdemir e o Sd. Matheus novais em um esconderijo no distrito da estiva.A arma do crime, revolver 38, também foi apreendido e estava registrado em nome de um dos elementos que foi quem efetuou os disparos.
Fonte: Itapénoticias

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook Favorites More