teste

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Por 61 a 20, Senado aprova impeachment de Dilma

Após longos dias de tumulto no Congresso, diversas votações e um processo demorado e burocrático, Dilma Rousseff é definitivamente afastada com 61 votos a 20. O processo, que seguiu rigorosamente a Constituição, pôs um fim a uma era de cleptocracia e golpismos contra o Estado brasileiro e contra a população.
O Senado Federal pegou fogo nas últimas sessões, especialmente nos dias 25 e 29, início do julgamento e interrogatório de Dilma, respectivamente. Agora a ex-presidente petista fica para a lata de lixo da história política e seu legado é apenas uma mancha negra que marca o atraso, a miséria, o desemprego e o total desrespeito aos interesses do povo.
O PT pretende, ainda assim, lançar um documentário, que certamente terá como fundamentos a mentira e o típico golpismo vermelho, reescrevendo os fatos conforme suas réguas morais – se é que existe alguma régua. No entanto, quem viveu esta época de verdade sempre saberá como realmente aconteceu.
Dilma caiu, e agora passará a enfrentar a Justiça “comum”, sem foro privilegiado e sem as regalias que tinha como rainha de um império nefasto.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook Favorites More