teste

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Prefeita de Camamu pode ter contas de 2012 rejeitadas pela Câmara de Vereadores


A atual prefeita de Camamu, Ioná Queiroz do PT, que teve suas 04 contas 2009, 2010, 2011 e 2012 desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios-TCM. E teve sua prerrogativa de impor inelegibilidade retirada, através de uma decisão do Ministro Gilmar Mendes, que revogou uma decisão anterior; que tornava "Ficha suja" todos os gestores (prefeitos) que tivessem suas contas rejeitadas por órgãos colegiados (Tribunais). Com a nova decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), todos que tiveram contas rejeitadas antes de 2010, serão considerados (Ficha suja). Então a partir de agora o pau que dá em Chico da em Francisco.

No caso específico da cidade de Camamu, a ex, e atual prefeita Ioná do PT, que está com as contas referentes ao ano de 2012, para serem votadas pela Câmara de Vereadores, dependerá de 09 votos, para ser aprovada e não ser alcançada pelos rigores da Lei.

Ao mesmo tempo parabenizamos os Vereadores Akson Rosa, Charles da Saúde, Nado, Otinho e Valnei da Ilha, pelo seu comprometimento com o povo de Camamu, não os decepcionando com a mudança de opinião.
Sabemos que são muitas as promessas e propostas, no entanto o que deve prevalecer é o desempenho da prefeita, no atendimento das necessidades do povo de Camamu. Onde a saúde não funciona, a educação não recebe o devido tratamento, a infra estrutura deixa a desejar, segurança nem se fala aí quem já foi vítima que sabe, iluminação pública tá uma escuridão só, os funcionários públicos insatisfeitos, transportes segundo os prestadores de serviços tá de mal a pior.

Sendo assim esses guerreiros (vereadores) estão de parabéns, com a decisão de não descumprir o parecer do TCM, mostrando para os demais pares que: moralidade não tem preço.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook Favorites More