teste

terça-feira, 23 de julho de 2019

Trabalhadores da Embasa paralisam atividades por 24 horas nesta terça-feira


Foto: Arquivo/Giro Ipiaú
Os trabalhadores da Embasa irão paralisar as atividades por 24 horas nesta terça-feira (23), tanto na capital quanto no interior. O motivo é a demora nas negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2019/2020. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente da Bahia (Sindae), a empresa está enrolando os funcionários e apresentou uma proposta de reajuste de 5,07% no salário e nos auxílios educação, material escolar, filho especial e funeral. No entanto, o aumento só ocorre se todos aceitarem o sistema de coparticipação no plano de saúde.

Já o sindicato, que está em campanha salarial desde maio, quer ganho real no salário e reajuste de todos os auxílios, além da exclusão do sistema de coparticipação. Como não foi atendida, a categoria não fez o acordo e confirmou a paralisação de 24h durante assembleia.

Após a interrupção nos trabalhos, os funcionários realizarão novas assembleias no final do mês para “adotar uma posição ainda mais dura caso até lá a empresa não mude sua postura”. Dentre os serviços que ficarão suspensos estão os de ligação e religação de água e esgoto, conserto de vazamentos de água e esgoto, entrega de fatura e atendimento ao público. A Embasa informou que os serviços de operação dos sistemas de água e esgoto não serão paralisados.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook Favorites More