Revoada do Mega

Revoada do Mega

domingo, 10 de julho de 2016

Camamu: deputado estadual Hildecio Meirelles viabiliza realização de evento afim de orientar os pré candidatos a vereador, vice prefeitos, e prefeitos

O PMDB Camamu, a pedido do Vereador Keninho, ao deputado estadual Hildecio Meirelles que viabilizou a realização do evento afim de orientar os pré candidatos a vereador, vice prefeitos, e prefeitos, acerca das mudanças na legislação e possibilitar uma eleição mais justa.



Aconteceu quinta-feira 07/07/2016 na Câmara Municipal de Camamu, uma palestra com o conferencista Adonai Cardoso (especialista em Direito Eleitoral). Participou do encontro de Direito Eleitoral, vários partidos com representação no município, dentre eles PT, SOLIDARIEDADE , PR , PC DO B, e PV. O evento realizado pelo partido político PMDB contou com a presença dos vereadores Keninho, Nal da Canal, Misso, Manoel Luiz, o pré-candidato a prefeito pelo PV, Jilson Lima. Também se fez presente Valnei do Fórum, o advogado Walter Junior, Eduardo Fadu e vários cidadãos de Camamu e região.



Leia algumas das novas regras Eleitorais, que foi o principal assunto do evento.


 prazos e informações importantes:
- Convenções devem acontecer de 20 de julho a 5 de agosto. O prazo antigo determinava que as convenções partidárias deveriam ocorrer de 10 a 30 de junho do ano da eleição.
- Prazo para registro de candidatos pelos partidos políticos e coligações nos cartórios deve ocorrer até às 19h do dia 15 de agosto. A regra anterior estipulava que esse prazo terminava às 19h do dia 5 de julho.
- Tempo de campanha eleitoral reduziu de 90 para 45 dias, começando em 16 de agosto.
- Período de propaganda dos candidatos no rádio e na TV também foi diminuído de 45 para 35 dias, com início em 26 de agosto, no primeiro turno. A campanha terá dois blocos no rádio e dois na televisão com 10 minutos cada. Além dos blocos, os partidos terão direito a 70 minutos diários em inserções, que serão distribuídos entre os candidatos a prefeito (60%) e vereadores (40%). Em 2016, essas inserções somente poderão ser de 30 ou 60 segundos cada uma.
Vale ressaltar que estão proibidos financiamento de campanha por empresas privadas; utilização de cavaletes e placas em vias públicas; nos programas não poderão ser usados efeitos especiais, montagens, computação gráfica, edições e desenhos animados; envelopamentos de carros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário